sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Historias Cruzadas (The Help)

Atentendo e pedidos (para o Guilherme Niece) estou atualizando meu blog depois de um tempo... nas verdade tem varios filmes para comentar mas ando sem tempo mesmo. Hoje quero falar de um filme que estréia este fim de semana no Brasil e fez um grande sucesso nos EUA, Historias Cruzadas (The Help) mas antes que tenho comentar que gostaria muito de saber o critério usado pelas distribuidoras brasileiras para colocar nomes me filmes, pois na maioria das vezes não condiz exatamente com a historia contada, neste caso até posso entender que uma filme com o nome A Ajudante ou A Empregada não iria atrair publico, mas mesmo assim este filme não ira fazer sucesso no Brasil, não é o tipo de filme que brasileiro gosta na sua maioria. Enfim, vamos ao filme. Se voce assistiu A Cor Purpura (1985) e gostou também irá gostar deste, pois me lembrou um pouco. Claro que são diferentes, mas no fundo a temática é a mesma, preconceito racial. Sei bem que temos isso no Brasil, mas acho dificil entender como foi nos EUA antes da decada de 70, onde os negros eram realmente excluidos da sociedade. Absurdos como empregada negra ter seu banheiro separado da casa, so poder comer após os patrões, ser tratado ainda como escravo é escandalo demais. Ouvi dizer que nos EUA as pessoas ficaram preocupadas com o tema, eu teria vergonha. E o filme é sobre isso mesmo, empregadas e patrões, negras e brancas, preconceiro. Quem brilha no filme é Viola Davis e Octavia Spencer (ambas indicadas a todos os premios este ano), eu particularmente preferi a ultima, achei seu desempenho excelente. No filme uma jovem branca (Emma Stone de Zumbilandia) resolve escrever um livro com o depoimentos destas empregadas maltratadas... o problemas é que estas tem medo, afinal o preconceito é tratado de forma violenta. Mais que entretenimento, este filme faz refletir para que aburdos como esses não aconteçam mais, infelizmente sabemos que trata-se de utopia. Não deixe de notar também Jessica Chastian a dona de casa branca que trata sua empregada com respeito e carinho.

Um comentário:

  1. Denis, acabar acho que o preconceitonão acaba. Mas deixa de ser massificado e imbecil, cada vez mais, afinal filmes como "Vidas Cruzadas" são levadas a um grande público e Obama é eleito, nos EUA. Bacana seu comentário.

    ResponderExcluir

Quem sou eu

Minha foto
São Jose dos Pinhais, Paraná
Amo cinema, livros e tudo relacionado a cultura. Minhas postagens irão se basear no filmes, livros e experiencias que tenho. Espero que gostem...