terça-feira, 22 de fevereiro de 2011


Assisti novamente este fim de semana o maior classico dos filmes de terror e para muitos (me incluo) o mais assustador filme de todos os tempos, falo de O Exorcista e mesmo sabendo que quase todo mundo já viu resolvi escrever sobre o mesmo, afinal não é um filme que deve passar batido pra quem, assim como eu, admira a sétima arte. Confesso que a primeira vez que ouvi falar do filme era muito pequeno, por um tio meu que havia visto no cinema e que adorava assustar as crianças da familia. Como o video cassete demorou para "pegar" aqui no Brasil assisti mesmo quando passou na tv aberta, devia ter uns 11 anos na epoca. Claro que tive pesadelos horriveis e muita bronca de minha mãe que nos aconselhava a não ve-lo. Credito para Willian Franklin, que dirigiu o filme com maestria, embora tenha ficado conhecido pelo lado sadico (como por exemplo dar tiros no set para assustar o elenco), na famosa cena do vomito de sopa de ervilha ele secretamente pediu para jogarem a "sopa" na cara do padre.. e a cena foi para o filme. Linda Blair com seus onze anos impressiona com a caracterização do demo, alias.. nem sei dizer o que assusta mais. E apesar de hoje não ter o mesmo impacto, ainda continua um filme aterrorizante. Infelizmente talvez para a gerações de hoje, acostumadas com efeitos especiais não surta o mesmo efeito. Mas a verdade é que para a época realmente é uma obra prima, onde sequer notamos os efeitos e o filme não envelheceu. Não gosto da versão do diretor, pois acho que somente encheu linguiça. Vale a pena revisitar este filme.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto
São Jose dos Pinhais, Paraná
Amo cinema, livros e tudo relacionado a cultura. Minhas postagens irão se basear no filmes, livros e experiencias que tenho. Espero que gostem...